A bebida favorita de Andrea Bocelli nas páginas da Revista Estilo

Quem acompanha a Revista Estilo sabe o quanto a seção “Sabor” convida para um deleite gastronômico. Na edição 83 não poderia ser diferente. A matéria de capa, muito bem estruturada pela jornalista gourmet Bete Duarte, aborda como a harmonização de comida e vinho pode ser comparada à paixão: a aproximação tanto pode se dar por similaridade, quanto existe companheirismo perfeito, quanto por contraste.

Na harmonização, o prato deve enaltecer as qualidades do vinho e a bebida deve deixar a comida mais apetitosa. Mesmo que o gosto pessoal reine para a escolha, algumas regras, como nos relacionamentos, facilitam a parceria.

CABERNET SAUVIGNON
Evite: pratos delicados e sutis, os queijos fortes, a maioria dos peixes, os pratos muito condimentados e apimentados, risotos simples e a maioria dos chocolates.

MALBEC
Evite: pratos mais salgados, receitas sutis, peixes e pratos com ingredientes ácidos.

MERLOT
Evite: os queijos fortes ou azuis, pratos delicados e sutis, com especiarias apimentadas e risotos e massas com vegetais cozidos.

PINOT NOIR
Evite: peixes e frutos do mar mais fortes (anchova e sardinha), pratos ou molhos ricos (com muita quantidade de manteiga, creme ou maionese), pratos apimentados e queijos de aromas fortes.

SYRAH
Evite: a maioria dos peixes, os queijos azuis, receitas apimentadas e muito ácidas.

TANNAT
Evite: carnes leves, peixes, file mignon, pratos mais salgados.

Não deixe de garantir o seu exemplar da Revista Estilo para apreciar a seção na íntegra!

E para a noite ficar ainda interessante, enquanto você degusta um bom vinho, pode inspirar-se na gastronomia da Toscana, região de Andrea Bocelli, quem em breve se apresentará, pela primeira vez, em Porto Alegre.

Deixe uma resposta