Receita de Salada de Bacalhau aos Açores por Elisa Prenna

A convite do Grupo Zaffari, três renomados chefs da capital gaúcha encararam o desafio de inventar pratos que representam pontos turísticos da cidade, em homenagem aos 247 anos de Porto Alegre, o qual é celebrado no dia 26 de março. Vico Crocco, do Crocco Studio Design, Elisa Prenna, do Chicafundó, e Marcelo Gonçalves, da Pâtissier, inspiraram-se, respectivamente, no Pôr do Sol e na Orla do Guaíba, no Monumento aos Açorianos e no Viaduto Otávio Rocha para criar, compor e apresentar suas receitas.

Elisa Prenna elegeu o Monumento aos Açorianos para homenagear. O monumento, uma referência aos 60 casais de açorianos que chegaram à Porto Alegre (antigo Porto dos Casais), em 1752, representa, para ela, uma expressão de liberdade e de força. Além disso, na sede administrativa que fica no entorno, Elisa conquistou seu primeiro trabalho; depois, teve oportunidade de conhecer e conviver com o escultor da obra, Carlos Tenius; e, então, descobriu que a estrutura foi inaugurada no mesmo ano do seu nascimento: 1974. Quer mais relação e conexão entre a vida da chef e esse local? Sim, existe. Sua família tem origens açorianas também. Com bacalhau e azeite de oliva, ingredientes típicos da culinária portuguesa, ela criou uma Salada de Bacalhau aos Açores agregando um toque único e autêntico: aioli com páprica picante. Uma receita superfácil de reproduzir em casa e simplesmente encantadora. Vamos conhecer no vídeo?

Descubra também as criações dos chefs Marcelo Gonçalves e Vicco Crocco

Salada de Bacalhau aos Açores: para 4 pessoas

Ingredientes:
400gr de lombo de bacalhau salgado
20 batatas bolinha
250ml de azeite de oliva extravirgem
4 tomates maduros
4 ovos orgânicos
1 maço de ciboulette
Dentes de alho
Cebolas
Pimenta-preta em grãos
Folhas de louro
100ml de leite
300ml de óleo de milho ou arroz
2 colheres (sobremesa) de páprica defumada
Suco de limão taiti
Sacos herméticos de 1L
Sal

Modo de preparo:
Dessalgue o bacalhau por 24h trocando a água e mantendo-o refrigerado.
Em um saquinho hermético, coloque a cebola em rodelas, as folhas de louro e os grãos de pimenta. Acrescente o lombo e cubra com azeite de oliva até a metade do lombo. Retire o máximo de ar possível do saquinho e feche bem.
Ferva uma panela com água e desligue. Coloque o saquinho dentro. Tampe a panela e deixe submerso por 20 minutos a 30 minutos. Abra o saquinho e desfolhe o bacalhau em lâminas, retirando eventuais espinhos e peles, bem como o líquido resultante.
Cozinhe as batatinhas com casca na água. Depois de cozidas, retire da água, deixe esfriar um pouco e dê um “murro” em cada uma delas. Leve-as à frigideira com um pouco de azeite de oliva até que fiquem douradas dos dois lados.
Prepare ovos cozidos.
Para o aioli de páprica, bata no liquidificador os seguintes ingredientes até adquirirem consistência de maionese: 100ml de leite, 250ml de óleo de milho, ½ dente de alho, 2 colheres (sobremesa) de páprica defumada, suco de ½ limão taiti e sal a gosto. Lembre-se que a páprica já é mais forte e salgada, então, prove a quantidade de sal de acordo com o gosto da sua família.
Lave os tomates e corte em quatro pedaços. Monte o prato dispondo os itens da forma como preferir. Finalize com um fio de azeite de oliva e a ciboulette picada. Sirva frio.

Deixe uma resposta