Cervejas de inverno

Fazer a associação de cerveja com praia e verão e migrar para o vinho no inverno já não faz mais sentido, visto a enorme variedade de rótulos disponíveis nas lojas Zaffari e Bourbon. Inclusive o frio surge como uma ótima oportunidade para conhecer outros estilos e ampliar o paladar com cervejas mais alcoólicas e encorpadas. A dúvida que perambula as vastas prateleiras na hora da compra é qual o estilo mais adequado para apreciar nessa estação.

Vamos direto ao ponto para otimizar o seu tempo no supermercado:

• Quanto mais elevado o teor alcoólico da cerveja, maior a temperatura para degustar. Na maioria dos casos, a temperatura ideal estará em até +3°C do percentual alcoólico.

• Segundo os estudos do Beer Hunter britânico Michael Jackson, é possível consumir alguns estilos em temperatura de adega, de 13 a 15°C. Ou seja, nem precisa levar o produto à geladeira, já que o nosso clima de inverno costuma ficar nessa faixa. Opções certeiras: Ale Quadrupel, Strong Ales escuras, Stout, a maioria das cervejas Belgas (incluindo as Trapistas) e Bocks mais fortes, como Eisbock e Doppelbock.

• Vantagens: em temperaturas amenas, é possível sentir com mais intensidade o aroma e o sabor das cervejas encorpadas. Além disso, o teor alcoólico elevado transmite uma sensação de aquecimento que cai muito bem com as baixas temperaturas do ambiente.

• Dica: utilize copos largos e de boca bem aberta para aproveitar ao máximo a complexidade aromática dessas cervejas;

*Beba com moderação

Deixe uma resposta